terça-feira, 8 de setembro de 2009

Garopaba - SC - Brasil

Pousada



Pousada

A História de Garopaba inicia-se no descobrimento do Brasil. Pois no ano de 1525 a “Baia de Garopaba” serviu como abrigo à expedição naval da Cidade de Corunã, que a utilizou para fugir de um temporal.
Aqui vivia o índio Carijó, da tribo Guaranis. Homem simples e de caráter pacífico. Alimentava-se da caça, da pesca e dos produtos naturais da terra, como a farinha de mandioca, utilizada até os dias de hoje.
O primeiro povoado só surgiu em 1666, formado de imigrantes açorianos. Foram os tupi-guaranis os primeiros habitantes de Garopaba; que deram o nome à cidade. Este nome vem grafado – gahopapaba – na carta Turin, em 1523, ou assim: ygá, upaba, guarupeba. Que significa a enseada de barcos , do descanso ou ainda o lugar abençoado.A verdadeira definição está no Guarani, a língua local: ygá, ygara, ygarata; significa arco, embarcação, canoa – mpaba paba é estância, lugar, enseada.
Os açorianos desembarcaram em Garopaba enviados pelo Império Português, procedentes a maioria da 3ª Ilha dos Açores. Em 1793, foi criada a Armação de São Joaquim de Garopaba. No ano de 1830 é levada à Freguesia. A Paróquia foi criada por decreto do Governo Imperial, porém sua instalação oficial ocorreu no ano de 1846. Em 1890, com trabalho de mobilização da Freguesia, Garopaba é elevada a Vila, com decreto do Governador Lauro Severino Muller. No dia 08 de Abril do mesmo ano, o Governador nomeia os membros do Conselho da Intendência que dirigira o Município. A instalação só ocorreu no dia 07 de Junho de 1890. A guarda Municipal é criada em 1896.
Em Outubro de 1906 passa a fazer parte da Comarca de Palhoça. Em 1923, perde a condição de Município, passando a integrar o Município de Imbituba, pertencendo à Comarca de Laguna. Em 1930 Garopaba passa à Distrito de Palhoça. No ano de 1961, volta a condição de Município, sendo fundada em 19 de Dezembro de 1961, através da Lei nº 798/61.

Nenhum comentário:

Postar um comentário